domingo, 1 de agosto de 2010

Eu não sei se vocês gostam


mas eu gosto, adoro, amo dar uma quando acabo de acordar.
Não tem que ser de manhã ou assim, basta estar numa sesta e virem-me buscar a cama, acordarem-me com preliminares que eu funciono muito melhor, sabe-me muito melhor, é a coisa mais relaxante que há. Dormir, dar uma (e não ao contrário!). Acordar assim é bem bom!

39 comentários:

masquediabo disse...

Então?! É a melhor forma de acordar!
O que é mais difícil é aquela vontade de mijar, também conhecida por tusa do mijo, mas é bem bom!

Hapi disse...

Isso também é verdade, mas não há nada como acordar assim ora!

masquediabo disse...

Se toda a gente acordasse assim, não havia crise!

masquediabo disse...

Era um probérbio budista.

masquediabo disse...

Agora é chinês.

Hapi disse...

E é bem verdade!

Hapi disse...

E é bem verdade!

Sara sem Sobrenome disse...

Ai oh Hapi, se um gajo me acordasse, só porque está com vontade de fazer sexo, eu acho que o espancava!
Sim, eu sou uma gaja sem sal nenhum. Uma tristeza!

S* disse...

Depois do banho matinal é excelente.

masquediabo disse...

A mim podem-me acordar a qualquer hora para mandar uma. Nunca recuso.

masquediabo disse...

Mesmo se estiver cansado, mesmo se estiver com dor de cabeça (até porque faz bem à dor de cabeça), com gripe, em baixo, em cima, a dormir, internado ou seja lá como for.
Nunca se deve recusar sexo. Não é zen.

masquediabo disse...

Até de muletas ou de cadeira de rodas...

Sara sem Sobrenome disse...

Ai oh masquediabo, mas tu es muito forte e viril... Ena!

masquediabo disse...

Conseguir é outra coisa, mas à partida, um homem está predisposto. Se não está, desconfia.

masquediabo disse...

Talvez tenha exagerado um bocado... nunca me testei ao limite. Pena.

Sara sem Sobrenome disse...

Pena mesmo, mas ainda vais a tempo. (acho eu)

Hapi disse...

Sara, é perfeitamente compreensivel!
S*, nunca experimentei mas com certeza que deve ser, sexo é sexo, em qualquer altura é bom.

Beijinhos

Pepino e Tomates disse...

Se for após uma sesta, calha bem. Se for a meio da noite, também tem a sua piada, especialmente naquelas noites de verão em que não se dorme nada de jeito por causa do calor. Se for pela manhã, num dia de semana, já não me agrada tanto, pois o meu humor não é dos melhores.

Hapi disse...

Pois de manhã de todas é a pior opção.

Miguel disse...

Perfeitamente de acordo!

Sara sem Sobrenome disse...

Oh Miguel, o meu dedo mindinho dizia-me que sim. Que tia ias concordar. Es muito previsivel. :)

Miguel disse...

Pipa, pita...

Podia ser mau e dizer-te que tu ainda chuchavas (na chucha, evidentemente!) e já eu dava quecas ao acordar... mas não vou dizer isso que não traz nada de positivo á discussão do tema!

Vou-me limitar a dizer que eu me limito a gostar das coisas boas e a ter extremo bom gosto naqueilo que aprecio e faço!

Estamos bem assim... pita?

:p

Sara sem Sobrenome disse...

Nunca gostei da chucha. Mas oh Miguel se isso é verdade, tenho a dizer-te que foste muito precoce. Muito precoce mesmo.
E não, não vou implicar com o facto de me chamares pita. Chama-me o que quiseres, mas o meu nome a sério, é Sara, se é que te interessa. E se quiseres aprofundar a questão, é Sara Martins, sim?
E o que é bom para ti, pode ser horrivel para mim. :)

Estamos muito bem...Miguel.

Miguel disse...

Meus Deus!!!!

Tens sobrenome? Caramba, Sara Martins! Ándas aqui a enganar o pessoal...

Pronto, não te chamo mais pita... se isso te ofende! Era de uma forma carinhosa, que eu não sou de ofender ninguém! Só uso estes termos com pessoas que gosto... Acho que já te tinha dito isso!


Queres aprofundar a questão, Sara Martins?

Realmente, existe sempre a possibilidade do teu gosto não ser exactamente igual ao meu... Isso é importante? Apesar de ter extremo bom gosto, não sei tudo. Como tal, gosto que me ensinem o que não sei porque isso faz de mim uma pessoa melhor! De qualquer maneira, pensei que nisto o teu gosto era igual... apesar do post não ser teu!

Quanto ao precoce... O que é precoce para ti?

:)

Sara sem Sobrenome disse...

Miguel, Miguelito... fica-te tão mal seres assim. Assim, sabes? Assim...
Logo eu que te tinha em elevada consideração e que, na minha cabeça, eras um 40então todo charmoso. Enfim...

Pita de forma carinhosa? Es um querido Miguel. Mas sim, chamo-me Sara. Pelo menos é o que diz a minha mãe. Sara Martins, bonito, não é? Eu acho!:)

Em relação a este post, eu dei a minha opiniao. Procura para aí nos comentários.

Precoce? Para mim é o mesmo que é para ti.

Miguel disse...

Simpatico já me chega!

Mas que fiz eu de mal, dona Sara?

Eu era capaz de apostar bem alto em como não fazias nada disso que dizes... Bem alto!

Estás naqueles dias?

Queres debater o que é desconversar?

:p

Sara sem Sobrenome disse...

Chega? Pois para mim, não. É muito pouco isso.

Tu? De mal? Não fizeste nada! Nadinha.

Sabes, não gosto de apostas. Não gosto mesmo. Mas gosto ainda menos que me acordem de manhã desnecessariamente. Para fazer coisas que podem ser feitas a qualquer outra hora do dia.

Se estou naqueles dias? Não. Ainda não.

Não, não gosto de debater contigo. Tas sempre a falar na experiência de vida e no que a vida já te ensinou e que eu sou uma pita e tu o senhor cheio de experiência. E isso cansa-me. Muito.
Mas continuamos amigos, Miguel. :)

Miguel disse...

Depende!
Tomara eu que fosses simpática... De momento chegava perfeitamente!

...

As apostas são coisas engraçadas. brincadeiras que dão para rir e também para gozarmos certos momentos... É uma maneira de nos divertirmos... Mas enfim!

Ainda bem!

A experiência da vida não tem nada de mais e é bastante util. A vida mostra-nos como muitas vezes estamos errados, como podiamos ter percebido certos indicios, como podiamos ter feito outras escolhas...
Não te chamo mais pita, que já vi que levaste a mal. Eu também podia levar a mal estares a tratar-me por senhor... Mas não levo.
Aqui sou uma pessoa como tu e tu és uma pessoa como eu. Tens opinião, como eu. E eu tenho opinião, como tu. Não acho que haja diferença.

A diferença, não sei se é o teu caso, é que por vezes já pensei essas coisas que se dizem e depois a vida mostra-nos que estamos errados... No fundo, eu já passei pela tua idade e compreendo muito do que dizes, concordando ou não com isso. Tu não podes dizer o mesmo!

Não te canso mais.

Beijinho

Sara sem Sobrenome disse...

Caramba oh Miguel, tas a insinuar que eu não sou simpática? Isso magoa.

Oh meu querido, nao me ofendeu. De todo. Aliás, já nada me ofende. Já ninguem tem essa capacidade.

Sim, tens razão. À partida sabes mais meia dúzia de coisas do que eu. Acredito que sim. Mas aqui o problema (que não é um problema) é que tu, Miguel, estás sempre a mencionar o facto de seres mais velho e, consequentemente, sabes mais do que nós. E o que nos parece certo hoje, vai parecer errado quando tivermos a tua idade. Tas sempre a dizer isso! SEMPRE!
E se é mentira, o que eu acabo de dizer, por favor corrige-me e eu não terei problemas em pedir-te desculpa.

E se te chamo senhor, é um elogio. Olha que não há muitos senhores por aí. Homens, sim, há muitos. Senhores, poucos. Muito poucos.

Não me estás a cansar. Estás sim a estimular-me intelectualmente. E eu gosto disso.

Miguel disse...

Não se trata de saber ou não que isto não é uma ciência exacta... É uma opinião pelo facto de já ter tido "esse sangue na guelra" e depois ter percebido que isso não é assim ou é de outra maneira... depende do que estamos a falar.

Por exemplo, um dos ultimos temas foi referente ao facto de eu dizer que uma mulher aos 40 é muito mais estimulante (não me lembro se foi este o termo) do que uma aos 20... Lembras? É a minha opinião e a de muita gente que aprecia bom sexo. Mas há quem prefira "carne fresca" porque isso lhes dá uma sensação de "volta à juventude"... É aminha opinião e não é uma verdade universal!
Se um gajo me dissere que eu sou tóto por pensar assim, tudo bem, é a opinião dele, o gosto dele. O mundo não fica melhor nem pior por causa disso.
Mas eu aos 20 gostava de bom sexo e o que fazia era o supra-sumo da fruta... Hoje penso muitas vezes quem me dera aos 20 saber o que sei hoje... Que totozinho que eu era... Entendes?

Eu não estou SEMPRE a dizer isso mas concordo que digo bastantes vezes porque as vossas "conversas" me obrigam a isso... mas eu se tivesse a vossa idade, provavelmente, estava aqui a dizer que concordo e se aparecesse um gajo como eu, provavelmente, chamava-lhe chato, com a mania... essas merdas! Ou não! Se calhar até "escutava" com atenção para ver se aprendia alguma coisa. Acho que dependeria da minha maturidade...

Eu também te chamei pita de uma forma elogiosa. mas não foi isso que entendeste. E chamaste-me senhor na forma oposta ao que entendeste por pita...

Este teu ultimo paragrafo é contraditório com o que escreveste no post anterior...

:p

Sara sem Sobrenome disse...

Oh Miguel, vamos lá ver se nos entendemos.

Sou mais nova do que tu. É verdade. Mas não significa que seja imatura nem parvinha e que não tenha a certeza do que quero. Porque não é, de todo, verdade.
Acredito também que, quando tiver a tua idade, também vou ter essa mania do:"Ah e tal, mas eu tenho mais experiência de vida do que tu".
E Miguel, tal como tu disseste, a tua opinião não é universal, o que quer dizer que podemos (eu e tu) pensar de formas diferentes. Independentemente da nossa idade.
Lá por eu ter 30 anos e ser mais nova do que tu, não quer dizer que nao tenha opinião própria. Não quer dizer que não tenha razão no que digo porque, a vida ainda não me ensinou tanto como já te ensinou a ti. Perecebes o meu ponto de vista?

Tu es um gajo porreiro. Es, a sério. Mas essa lengalenga da idade é uma treta. E estamos sempre a aprender uns com os outros. Verdade?

Se calhar temos significados diferentes para pita. Não sei.
Chamei-te senhor porque, de puto já não tens nada.

Miguel disse...

Não acho que não nos entendamos...

És mais nova que eu, logo eu sou mais velho que tu... Óbvio que não significa que sejas imatura, nem o facto de eu ser mais velho diz, de caras, que seja mais esperiente, muduro, inteligente, whatever... Nada a ver!

Tens opinião própria aos 30, como eu tinha aos 17, aos 20, aos 25, aos 30, aos 40... etc! É lógico.

Não tratamos aquide quem tem razão mas de expressar opiniões.

Eu sou um gajo porreiro e sei disso! Mas obrigado por concordares comigo neste insignificante, mesmo!, detalhe...

Estamos sempre a aprender pelo que a partilha de experiências é sempre boa! mas ninguém é obrigado a seguir ninguém e nem sequer a ouvir opiniões que não quer... Não há problema nenhum nisso.

Se calhar temos.
Pita é um nome carinhoso para alguém mais novo... Chamo pita a miudas de 40... Não há problema. Depende do contexto até da frase.
Mas pita também pode ser usado de uma forma negativa... Eu sei! Mas não é assim que uso.

Eu simpatizo contigo e com a Luna e por isso venho aqui ler o que escrevem. Agora também já acho piada ao que outros aqui escrevem e gosto de cá vir... Só isso!

Mais do que um senhor, eu sou um gajo porreiro! Acho que já tinhamos decidido isso...

:p

Sara sem Sobrenome disse...

Já nos entendemos. Não doeu nada.

Miguelito, recuso-me a alimentar esta discussão.
Espero chegar à tua idade fresca e rija. Espero, nessa altura já ter um ou outro descendente. E espero ter o meu livro escrito e publicado e um sitio com muitas arvores plantadas por mim. E quando esse dia chegar, sei que vou dizer:"Foda-se, eu era mesmo parva, o Miguel bem me avisou". Mas por agora não consigo reconhecer isso. Dá-me tempo. E Miguel, para ti, venham mais 40. Que continues "sempre em cima" e acima de tudo, chato. Muito chato:)

E fico muito contente por gostares deste blog. Obrigada! E fico ainda mais feliz por simpatizares comigo. É positivo.

Es um gajo porreiro, es! Muito porreiro...
:)

Miguel disse...

Discussão?

Onde, onde?

Mais 40?
O mundo não me aguenta tanto tempo...

;)

Sara sem Sobrenome disse...

Ali em cima, não viste?
Oh Miguel, vaso ruim não quebra, já dizia a minha avó. :)
Portanto, sim, venham mais 40.

Miguel disse...

Vaso ruim?????????????????

És má, Martins!!!





Tu não dormes?

Sara sem Sobrenome disse...

Sim, vaso ruim.
Não sou má, sou Sara. Sara Martins. E o meu segundo nome é cheio de charme, também.

Desde novita que tenho insónias. Hoje é só mais uma noite infeliz. Mas estás a despachar-me? Isso é muito feio.

Miguel disse...

Apesar de me chamares vaso ruim, eu, alem de gajo porreiro, sou um cavalheiro... e não despacho donzelas!

Que nome charmoso é esse?

E que fazes tu enquanto o sol vai de nascente a poente?

Sara sem Sobrenome disse...

Vês, se dissesse logo isso no inicio evitavas toda aquela "discussão" que tivemos no inicio. Homens...

Ah, não posso dizer. Tem tanto de charmoso como de estúpido. É.
Segredo dos deuses.

Faço...coisas! Umas interessantes outras nem por isso.