terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Estou um dia atrasada, eu sei

Ora estava eu como boa menina que sou a tirar a loiça da máquina quando muito distraidamente pego em duas facas. E o que é que eu faço com as facas? Coloco-as em cima da bancada da cozinha. Cruzadas. E foi ver a minha mãe saltar da sua cadeira qual canguru excitado e berrar "MARIA LUNA, NÃO CRUZES AS FACAS!". Quando a minha mãe me chama Maria, é porque algo de muito errado está a acontecer. Não percebi o porquê de tanto alarido e perguntei porquê. "Porquê? Porquê?! Mas tu 'tás parvinha? Porque eu não gosto, ora". Ah, claro mãe, como me podia esquecer de tão óbvio facto... E vem o meu pai como que em busca da minha salvação (obrigada pai) "Superstições...". Ora, eu sempre pensei que na minha família não havia nada disso. Aliás, a primeira vez que eu disse que acreditava em espíritos, quase que me espancaram porque "era uma estupidez sem pés nem cabeça". E não me deixam acender incenso em casa, mas isso é outra história. Mas pelos vistos há (superstições), e como há, decidi informar-me melhor sobre a coisa e descobri que:
Quando cruzamos facas atraímos infelicidade ou desgraça. E eu penso: bolas, ainda por cima é Natal... Logo a seguir li que quando deixamos cair um garfo (algo que me acontece tipo todos os dias) significa que vamos receber a visita de um homem. Só pode ser o Pai Natal. 
E daqui fica a pairar a grande questão: será que o Pai Natal é um part-time-serial-killer que está à espera da noite de 24 de Dezembro para vir ao meu encontro e fazer-me coisas más? Tipo, comer a minha fatia de molotof? Ou matar-me?
Tendo em conta que o que vai acontecer é uma desgraça, voto na fatia de molotof. Pai Natal, grande maroto.

11 comentários:

Palavra Já Perdida disse...

ai que eu essa nunca tinha ouvido falar lol
e bom, quanto ao Pai Natal, será que a barba dele é falsa e é apenas uma máscara???

Luna disse...

falam as más linguas em implantes capilares, não sei.. :)

Fresco_e_Fofo disse...

Epá, mas isso de comer "a fatia de molotof" a uma gaja, é assim uma desgraça tão grande?
Olha que, pelo que consta, só aqui na blogosfera o que há mais é gajas a desejarem que alguém lhes dê uma "garfada" no molotof eheheheh.

Luna disse...

tudo menos comerem a minha comida!

Bitor disse...

molotof é bom....

Hapi disse...

gosto do post e adoro molotof! :D

A minha mãe tem muito essas manias. Fico fula quando deixo a minha carteira no chão ou ponho a dela -.-'

Hapi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hapi disse...

Fica fula*

Luna disse...

Bitor, é ma-ra-vi-lho-so!

Hapi, por acaso a minha com as carteiras nunca embirrou. embirra com chapéus em cima da cama. descobri ontem.

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

Tipo, comer a minha fatia de molotof?

ó gadja o pai natal não é desses

inclina-se para criancinhas mais pequerruchinhas e manipula-as nos joelhos

por tantu se cruzaste facas e deixaste cair garfos

nã t'amofines que o papai noel num vem por ti

الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن disse...

Luna disse...
tudo menos comerem a minha

Ora estava eu como boa menina que sou a tirar


Supers tições...

pois as mensagens subliminares aumentam com o Natal

é a pub licidade