quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Pois!

África é um continente constituído por países do "3ºmundo" e isso tudo, mas...
Mas perante um acidente (grave) com pessoas ESTRANGEIRAS, há atendimento imediato, entreajuda, há assistência médica de qualidade, há tratamento adequado e mais (e melhor): o Rei assegura todos os serviços e pagamentos. Pois! E se fosse em Portugal? Pois! (Eu sou uma incrédula, uma céptica, uma insatisfeita em achar que nós não estaríamos a altura, ... mas isso sou eu!)

7 comentários:

S* disse...

Já se sabe que nos países de terceiro mundo os estrangeiros são tratados como lordes. Felizmente, no caso.

Palavra Já Perdida disse...

Com sorte, cá, ainda tinhas de ir para as filas do centro de saúde e ter de pagar tudo e mais alguma coisa e ainda serem culpados do acidente :D

Hapi disse...

S*,
verdade, mas eles não tratam bem os de lá também porque nós 1ºMUNDO, CAPITALISTAS, não deixamos que assim seja!

Hapi disse...

Palavra Já Perdida,
Isso não. Pagar talvez mas serviço garantido (de qualidade ou não) tinhas garantido. E o problema não é o sistema de saúde português que até considero bom (e aliás é também considerado um dos melhores da Europa).

M disse...

Não acredito muito nisso. Aliás, as ambulâncias demoraram quase uma hora a chegar ao local do acidente, o que em Portugal não aconteceria. E acredita que sendo turistas passariam à nossa frente na fila do hospital!

Luna disse...

é, eu estou parcialmente com o M e parcialmente contigo, Hapi. depende dos países e das cidades.

Hapi disse...

M, não percebi se consideras que demorava mais tempo ou menos tempo a assistência por parte das ambulâncias. E mais eu considero o sistema de saúde bom mas tal como tu acredito que em caso de ser aqui os turistas seriam primeiro atendidos, como aliás aconteceu lá. A questão está na assistência que o "governo" (entre aspas porque é uma monarquia) de lá deu, que o nosso não daria!