segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Montana Fishburne: a filha de um actor de categoria

E antes de mais, a pornografia é algum crime?

Quando o mundo fica chocado com uma noticia destas!
E eu pergunto: Mas o que é que tem?
- «Oh que horrooore, um filme porno, e logo ela!»
E se fosse outra, já podia ser, mas filha de gente importante é que já não! Sim porque os ricos são deuses e imaculados não fazem coisas dessas. Não? Certeza?
O preconceito de que a alta sociedade não é de facto podre é uma coisa que mexe com o fígado.

55 comentários:

Masquediabo disse...

http://www.ionline.pt/conteudo/73916-filha-do-csi-laurence-fishburne-justifica-carreira-na-pornografia

"Perdi a virgindade aos 16, o que despertou o meu interesse para o mundo da sexualidade. Pensei: quero explorar este mundo. As possibilidades são enormes, e tendo em conta o quanto gosto de sexo...", disse Fishburne à US Magazine. "Sabia que o meu destino não era ser uma actriz convencional." A revelação está a dar que falar nos Estados Unidos, onde Montana é conhecida como Chippy D e já fez saber aos media que o pai ficou muito chateado com a sua opção.

Masquediabo disse...

E se ela já é maior e acha que tem talento e atributos e não lha falta nada, porque não?
Este planeta não é de facto redondo!
É quadrado. Mas muita quadrado!

Masquediabo disse...

Mas se fosse a minha filha, engolia em seco!
Lá está porque censuramos tão severamente uma coisa dessas? Porquê?

Bitor disse...

a gaja é boa ao menos? se sair ao pai...

masquediabo se fosse tua filha engolias em seco o tanas!!!

Bitor disse...

a gaja é boa ao menos? se sair ao pai...

masquediabo se fosse tua filha engolias em seco o tanas!!!

Luna disse...

é feia nas horas

Bitor disse...

mas é fresca!
luna faz tb um sextape!

Luna disse...

era bom, não era?

Bitor disse...

nao sei tinha k ver para depois opinar!!

Luna disse...

sei eu

Bitor disse...

isso é o k tu dizes...

Luna disse...

não confias no meu bom gosto?

Bitor disse...

num sei....

Luna disse...

tss, besta. tenho MUITO bom gosto, só para que saibas.

Masquediabo disse...

Pode ser feia mas aparenta ter todos os atributos para o seu filme.
O pai não lhe fala... que raio de pai deixa de falar assim para a filha?
Ele devia era estar super orgulhoso!

Luna disse...

a mãe do meu pai também não lhe fala e ele não é uma estrela porno em ascensão.

Masquediabo disse...

Não é uma coisa injusta?
Os pais e os filhos devem ser unidos e apoiarem-se mutuamente!

Luna disse...

depende dos pais e dos filhos.

Masquediabo disse...

E tu? Ainda falas com a tua avó?

Luna disse...

falo com a materna; a outra nunca me quis conhecer :)

Masquediabo disse...

Muitas famílias chateiam.se por causa de partilhas. Um exemplo? A minha.

Luna disse...

a minha foi porque a mãe do meu pai não gostava da mãe da minha mãe. nem da minha mãe. mas agora andam nas partilhas também. ou andaram, não sei.

Masquediabo disse...

Se tivesses uma filha que decidisse enveredar pelo cinema daquela maneira, deixavas de falar para ela?

Luna disse...

não, mas dizia-lhe que achava uma coisa completamente inútil. porque não gosto de filmes pornográficos. dizia-lhe que preferia que ela fosse dançar para um bar de alterne ou que se prostituísse nas ruas de Amesterdão. mas não deixava de falar para ela.

Masquediabo disse...

É que deixar de falar para um filho...
Porque é que fazemos uma censura tão grande à pornografia?

Luna disse...

eu não censuro. mas não gosto. não me excita.

Masquediabo disse...

O que me choca não é a pornografia. É este mundo. Planeta quadrado.

Sempre que me ponho a pensar nas eternas questões quem somos e o que é que caralho fazemos aqui?

Masquediabo disse...

É um mundo cão.

AVOGI disse...

é a mesma coisa que ser prostitua se for na classe baixa é uma p*ta mas se for na classe alta é acompanhante. desculpa a linguagem. kis :)

Imperator disse...

já espreitei o filme... já vi melhor feita por portugueses, mas pronto a moça até que tem um corpo engraçado....

Sara sem Sobrenome disse...

Pá, eu preferia que a minha filha tivesse outra profissão. Iria achar mais engraçado.

Masquediabo disse...

AVOGI
Exactamente. É onde queria chegar.

Imperator
Eu não vi o filme...

Sara sem Sobrenome
Apesar de achares o quer que aches da industria porno, não deixavas de falar para ela.

Luna disse...

então, mas ele deixou de falar para ela e não é por nós dizermos que isso é feio que ele vai a correr dar-lhe beijinhos.

Masquediabo disse...

Ele fez aquilo que as pessoas esperavam que ele fizesse. Na volta eles até falam, mas em segredo.

Sara sem Sobrenome disse...

Eu não deicava de falar para ela? Olha que não sei.
Se eu me tivesse matado a trabalhar para ela poder estudar, se calhar ficava chateada.

Sara sem Sobrenome disse...

deixava*

Masquediabo disse...

Fico muito triste por saber isso, em pleno séc. XXI.

Masquediabo disse...

O meu irmão é toxicodependente. Nunca deixei de falar para ele.

Masquediabo disse...

Mais vale ralhar, gritar, explodir, bater numa lata mas deixar de falar, para mim é o fim.
É como a morte.

Sara sem Sobrenome disse...

Claro Masquediabo. Mas eu não me vou armar em pseudo-liberal, porque não o sou.
Comigo as coisas são como são.
E o mesmo se passa com a homossexualidade. Se eu tivesse um filho homossexual, ficava triste. Ficava. (neste caso não ficava chateada com ele, mas que me ia desiludir, ia)

Masquediabo disse...

Preferia mil vezes que ele fosse homo.
Preferia mil vezes que fossemos todos um pouco mais tolerantes, e que não tivéssemos tanta pressa de julgar.
(Não tão devagar como a casa pia)
Não desejo a ninguém ser intelectual.
Nem pseudo-intelectual.
Nem pseudo-liberal.
Nem pseudo-humanos.

Sejam apenas humanos e aceitar que: sofrer pelos que gostamos, pelos que realmente amamos faz parte da vida.

Eu aqui apenas quero transmitir uma mensagem positiva, peço desculpa se criei algum equivoco, não lanço criticas a ninguém em especifico.

Sara sem Sobrenome disse...

Oh masquediabo, eu percebo o eu ponto de vista. No entanto, não posso concordar contigo.
Chama-me o que quiseres, mas eu não ia aceitar muito bem, o facto de ter uma filha que faz filmes pornográficos. Não ia.

Masquediabo disse...

Mas não era por aqui que eu queria abordar esta questão.
Onde que queria tocar era:
As vezes deixamos de falar(ou outras coisas) para alguém não pelos nossos preconceitos mas sim pelos preconceitos dos outros, pelos julgamentos dos outros ou pior pelo que os outros ainda nem sequer julgaram. e se nalguns casos a relação em questão não representava nada para nós, noutros custam-me entender como é que um amor verdadeiro, mais verdadeiro que o de um filha(o) para um pai(mãe) não é suficiente para ultrapassar todos os julgamentos, especialmente este, que é fútil!

Masquediabo disse...

Nunca se deixa ninguém para trás, se esse alguém for um dos nossos.

Masquediabo disse...

Acho que foi o verdadeiro teste para ela saber se o pai genuinamente gostava dela. E acho que ela descobriu.

Sara sem Sobrenome disse...

Sei.
Tal como já te disse, entendo a posição deste pai.

Masquediabo disse...

E posto isto, vou deixar de falar para mim mesmo.

Sara sem Sobrenome disse...

Não masquediabo, não tem nada a ver.
Uma coisa, é gostar da filha, outra coisa é aceitar as escolhas que ela faz. E não podemos misturar as coisas. "Ah e tal, mas temos que sofrer pelos que gostamos". Eu não acho.

Luna disse...

agora por homossexualidade, se o meu filho me chegasse a casa e dissesse "mámi! sou gay! anda conhecer o meu namorado", eu dizia "TU QUÊ? TÁS PARVO?" e se calhar batia-lhe. depois ia lá conhecer o marmanjo, mas gozava com ele à força toda. e não tratava mal o meu filho (a partir daí) mas ficava expressamente proibido de levar o dito cujo lá p'ra casa.

Masquediabo disse...

A questão que coloco a mim mesmo é: qual seria a minha reacção?

S* disse...

Se a rapariga gosta de se ver na rambóiada, eu acho bem!

Masquediabo disse...

Será que 19 anos é maturidade suficiente para uma decisão dessas?
Não seria melhor aos 21 ou 22?

Sara sem Sobrenome disse...

Oh Masquediabo, não penses mais nisso. Tens alguma filha a querer entrar no ramo da pornografia? Não te preocupes.

Masquediabo disse...

Tens razão...

Sara sem Sobrenome disse...

Tenho sempre...