sexta-feira, 15 de abril de 2011

Para a próxima falo sobre as "aberturas fáceis" das embalagens de leite

No outro dia estive de férias e fui a Barcelona. E depois, na viagem de regresso parei ali em Madrid, na estação de Atocha, para mudar de roupa e escovar os dentes. E fazer chichi. E essas merdas que se fazem de vez em quando. Adiante. Para quem não se lembra ou simplesmente não sabe, a estação de Atocha foi aquela em que houve um ataque terrorista em 2004, portanto, como poderão calcular, eu estava tudo menos relaxada quando lá entrei. Mas são coisas, o que é ido é ido e não há-de acontecer nada. Pensava eu.
Acontece que - já na casa de banho - no meio de troca de camisola, muda de cuecas, lava os dentes, põe desodorizante e blabla, entra uma coisa. E essa coisa tinha a cabeça e o pescoço completamente envolvidos em papel de alumínio, dois autocolantes vermelhos no lugar dos olhos e dois rectângulos pretos no lugar da boca. Cabelo nem vê-lo. Vinha descalça - era preta - e os pés dela estavam mais inchados que os da minha avó.
É claro que neste ponto, um monte de meninas saltou logo casa de banho fora mas acontece que eu e mais quatro ou cinco ainda estávamos de cuequinha na mão e, portanto, tivemos que lá permanecer.
Nos entretantos, a mulher estranha/coisa sacou do seu cigarrinho e pôs-se a fumar (a prata devia ter um buraquito ou assim) e uma das meninas que por lá cirandava diz (mas em espanhol): Não se pode fumar aqui dentro. Ao que a coisa responde (em espanhol também): Os vampiros podem fumar onde lhes apetecer, eu, como caçadora de vampiros, posso fazê-lo também.
É.
E depois, sacou de um pedaço de papel igual ao que tinha à volta da cabeça e de um frasquinho com líquido que cheirava a vinagre e pôs-se a fazer grande ritual marado e até esfregou um bocado nas patas. E depois passou a prata debaixo do cigarro - crack, dizem elas; eu cá, não sei de nada - e injectou vá-se lá saber o quê, veia do braço esquerdo adentro.
Por esta altura eu já estava vestida mas com um medo do caralho de passar pela coisa para sair da casa de banho. Só pensava num segundo atentado a Madrid e na minha cabeça a rolar. Mas saí. 3 minutos depois. Eu e outra rapariga. A correr. E depois, avistámos dois polícias lá longe, assim a passear e pedimos-lhes que fossem à casa de banho ver aquele lindo cenário. Nó ficámos cá fora um bocado enquanto os ouvíamos a pedir a identificação à coisa e ela dizia não sei quê dos caçadores de vampiros e não dava porra de identificação nenhuma. E ouvi-a a dizer três vezes "eu preciso de ficar sozinha".
Depois fomos embora.
Fim.

10 comentários:

Miss B disse...

e essa tal coisa foi caçar vampiros para a casa de banho ou foi só lá para fumar mesmo? viste se ia armada? k armas tinha? só para saber. é k nao sei o k usam as caçadoras...agora a sério WTF??? acontecem-te coisas verdadeiramente surpreendentes...

Luna disse...

acho que nunca tive tanto medo de uma pessoa em toda a minha vida. ela ficou lá com os polícias. eu até já andei a pesquisar na net a ver se alguém foi preso lá mas não encontro nada xD

GOD is writing in watermelons disse...

resumindo és uma cagona de merde...

EM ATOCHA AMOCHA disse...

No outro dia estive de férias ,,,

já nã tás....coitadinha tã novita e a trabalhar

sim em 2004 o ataque só volta em 2012 e ódespois em 2020

os terruristas só explodem de 8 em 8 anos

e contrariamente aos raios

é sempre no mesmo lugar

Luna disse...

sou uma cagona de merde e tu é um chato do caralho. a sério.

Cessão à Ré disse...

mas não és uma embalagem de leite?

agora fiquei confuso

e um chato do caralho

não é um artrópode que pica o dito cujo e zonas envolventes?

Luna disse...

conta-me lá, tiveste que ir à wikipédia para aprender a palavra "artrópode" não foi?

Cessão à Ré disse...

DA INOVAÇÃO NAS GERAÇÕES À RASCA
GERAÇÕES À RASCA PROCURAM-SE

JOVENS ESCRITORES À RASCA DE IDEIAS- LUNÁTICAS ESCRITORAS

SALTANDO SOBRE O CAVALO GRITOU GALOPA CAVALO GALOPA, GALOPA CAVALO GALOPA

ISTO CONTINUA POR 10 PÁGINAS DIZ O EDITOR À RASCA

É PROVÁVEL DIZ A LUNÁTICA ESCRITORA LUNA - O CAVALO ESTAVA MORTO

A GERAÇÃO À RASCA EM BARCELONA

O TÓ ATIROU-SE DO 2º ANDAR PRÁ PISCINA E PARTIU OS CORNOS

NÃ HAVIA IÀGUA ? TAVA COM UMA GRANDE MOCA NEM HAVIA PISCINA

A GERAÇÃO À RASCA GUIA MAL?

NÃ OS CARROS JÁ ESTÃO ASSIM QUANDO OS COMPRAM

tu tibeste de certeza ó pacote de leite potencial

Bitor disse...

?? pqp estes gajos lol!

Bitor cada bez tá mai.... disse...

estes?

ó bitorlândia ê sô um....ou uma
ou...nenhum

ahora estes nã sô de certeza