quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Na busca da curiosidade...

Andava eu a consultar uns sites e deparo-me com alguns dados engraçados. Ora vejamos:

 - Tamanho Médio do PénisQuase 88% dos homens têm um pénis entre 12,7cm e 17,7cm de comprimento em erecção. Em relaxamento, a maioria (90%) mede entre 7,6cm a 12cm.
(Eu sinto-me bem, e tu?)

- Tempo Médio para ter um Orgasmo75% dos homens têm o orgasmo 2 minutos após a penetração. As mulheres demoram pouco menos de 4 minutos a atingir o orgasmo durante a masturbação e entre 10 e 20 minutos durante a penetração.
(Alto e pára o baile! 2 minutos?? Mas isto vem de onde? Os homens que participaram no estudo não eram portugueses de certeza!)

 - Conteúdo Calórico Médio da EjaculaçãoEntre 2 e 5 calorias.
(Não engulas, deita fora!)

 - Velocidade Média da EjaculaçãoO esperma é projectado para fora do pénis a 45 Km/h. Quando entra na vagina, demora 5 minutos para atravessar os 15cm de território até ao cervix (1,8 m/h).
(A uma velocidade destas qualquer dia ganhas feridas no céu da boca!)

 - Acidez Média da VaginaEntre 4 e 5 na escala do pH, ou seja, razoavelmente ácida.
(Homens não o deixem lá dentro muito tempo. Corrói)

_________________
Só porque achei que há coisas que se devem saber ;)

12 comentários:

Miss B disse...

A vagina é ácida? Cruzes que agora há certas coisas com explicação...podias ter dito mais cedo pah, devo desculpas a alguém,...lool

Boo disse...

Que cena *.*

Karina disse...

Grande cena mesmo. (:

taniah disse...

e viva ao sexo seguro! :p

M disse...

essa tambem foi das que mais me impressionou! Vagina de PH ácido! lol

Luna disse...

a mim sempre me pareceu salgada!

M disse...

pois.. daí alguns lhe chamarem bacalhau.. agora ácida!

Bitor disse...

tem se que por açúcar para ficar menos acida

Anónimo disse...

O orgasmo feminino é uma coisa da qual as mulheres percebem muito
pouco, e os homens ainda menos. Pelo facto de ser uma reacção
endócrina, que se dá sem expelir nada, não se apresenta nenhuma prova
evidente de que aconteceu, ou de que foi simulado. Diante deste
mistério, investigações continuam, pesquisas são feitas, centenas de
livros são escritos, tudo para tentar esclarecer este assunto.

A acompanhar este tema, deu no outro dia uma entrevista na TV com uma
conhecida sexóloga, que apresentou uma pesquisa feita nos Estados
Unidos na qual se mediu a descarga eléctrica emitida pela periquita
no instante do orgasmo. Os resultados mostram que, na hora H, a
pardaleca dispara uma carga de 250.000 micro volts. Ou seja, 5
passarinhas juntas, ligadas em série na hora do "ai meu Deus", são
suficientes para acender uma lâmpada. E uma dúzia é capaz de provocar
a ignição no motor de um Carocha com a bateria em baixo. Já há até
mulheres a treinar para carregar a bateria do telemóvel: dizem que é
só ter o orgasmo e, tchan... carregar.

Portanto, é preciso ter muito cuidado porque aquilo, afinal, não é uma
rata: é uma torradeira eléctrica!!! E se der curto-circuito na hora de
"virar os olhos"? Além de vesgo, fica-se com a doença de Parkinson e
com a salsicha assada. Preservativo agora é pouco: tem de se mandar
encamisar na Michelin. E, no momento da descarga, é recomendado usar
sapatos de borracha, não os descalçar e não pisar o chão molhado. É
também aconselhável que, antes de se começar a molhar o biscoito, se
pergunte à parceira se ela é de 110 ou de 220 volts, não se vá
esturricar a alheira.

Bitor disse...

olha a sara !!
teve piada!

suddenly twenty disse...

LOOOL o que me ri com este post

M disse...

vou começar a ter medo de pôr a lingua na torradeira da minha namorada, não vá apanhar um choque!