quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Para todos os que gostam de filmes pornográficos:

Oh senhores, digam-me, por favor, por que raio gostam de ver filmes pornográficos.
Na minha opinião, são filmes desinteressantes e muito pouco excitantes. Portanto, peço-vos que expliquem por que carga d´água ficam os meus amigos a olhar para mim com um ar horrorizado, quando eu digo que não gosto de filmes pornográficos.
Os títulos? Ui... Os títulos estúpidos. Bizarros. Frases sem nexo:
  • Carne fresca, jovem e muito saborosa. (Mas é de vitela ou de porco?)
  • Enterra a tua biela no meu cilindro. (Desculpa? Enterro o quê? Onde?)
  • O Violador Português volta a atacar. (Oh Meu Deus. Eles andam aí.)
  • Quase virgens. (Pois. É como eu. É.)
  • Garganta profunda. (Porreiro pá!)
Enfim... o mundo da pornografia não me seduz. Nadinha!

67 comentários:

masquediabo disse...

Falta aí o famoso:
"Berbigão à Marujo".

S* disse...

Deves andar a ver os filmes errados... eu gosto de ver no Youporn.

Excitam-me os sons, os gemidos, as posições mais irreverentes. Aprende-se bastante e a imaginação voa.

JAM disse...

Do meu PDV, a pornografia está para os homens como a maquilhagem e a roupa está para as mulheres.

Embora ache que isto seja uma generalização. Deve haver homens que não gostam de ver pornografia e mulheres que não gostam de usar maquilhagem.

Agora, usar roupa.. Infelizmente, não é legal andar nu/a pela rua.

masquediabo disse...

Muito melhor que novelas!
E em termos títulos é a mesma coisa.

Sara sem Sobrenome disse...

masquediabo

Berbigão à Marujo? Não conheço.
Eu cá prefiro novelas. Brasileiras. Sempre têm actores jeitosos. Os dos filmes pornográficos são oleosos e "plásticos" É.

Sara sem Sobrenome disse...

S*

Oh S*, eu até nem vejo filmes nenhuns. Desisti. Nunca consegui ver nenhum até ao fim.
Não é preciso ver um filme pornográfico para a imaginação voar. Eu sou muito prática.:)
Beijo

Sara sem Sobrenome disse...

JAM

Acredito que sim. No entanto, não tenho um único amigo que não goste de pornografia. E por favor, não compares a maquilhagem à pornografia. Não têm nada a ver. (digo eu)

É ilegal, é. E por vezes, ainda bem que assim é.
Beijo

masquediabo disse...

Também nunca vi, mas achei o titulo peculiar. Não consigo ver aqueles filmes lamechas ao Domingo à tarde, e os filmes na época do Natal. Não posso. vomito. E filmes do Manuel de Oliveira. E do Fernando Fragata também não.

Sara sem Sobrenome disse...

Oh meu querido, mas eu prefiro ver o "Sozinho em casa" a ver um filme pornográfico.
Vomito mais rápido quando vejo uma gaja cheia de esperma na cara-cabelo-pestanas-boca do que ao ver um filme lamechas ao Domingo à tarde. Mas isso, sou eu.

masquediabo disse...

Tens toda a razão. :P
Porno não é nada sensual...
Beijos!

Sara sem Sobrenome disse...

Mas é claro que tenho razão... tenho sempre.
Beijo

Cláudio David disse...

os filmes porno n tem graça, e' falso, tudo plastico. qnd as pessoas pensam em pornografia pensam sempre nesses filmes com actores etc, e esquecem-se na nova pornografia, a pornografia amadora, com casais reais no canto e conforto dos seus quartos. isso sim exita.

S* disse...

Meus caros, vocês andam a ver os filmes porno errados...

Existem filmes mais sensuais sim senhora. Assim como existem filmes caseiros, sem plásticos e afins.

Não passo a vida a ver filmes porno - prefiro investir nos meus filmes - mas reconheço que alguns são muito bons!

Cláudio David disse...

foi o que eu disse S*...

JAM disse...

Já somos dois. Eu também não conheço nenhum gajo que não veja pornografia.

A maquilhagem não tem nada a haver com pornografia, sim. Embora muita seja usada nesses filmes..

Poderia ser legal para um certo tipo de pessoas. Embora isso seja injusto..

Sara sem Sobrenome disse...

Cláudio David

Sei. Percebo o que queres dizer. Mas eu já vi filmes plásticos e já vi filmes amadores. Simplesmente não me excitam de forma alguma. Nem um, nem outro. Mas gostava de tirar partido desses filmes. Não sou capaz. Pronto. Talvez um dia.
Beijo

Sara sem Sobrenome disse...

S*

Provavelmente, sim. Mas... eu ainda não os vi. Hoje vou fazer uma pesquisa exaustiva. É.
Beijo

Sara sem Sobrenome disse...

JAM

Pois é. Mas fiquei sem perceber se es adepto da pornografia ou não.

Oh pá, injusto porquê? Ver certas pessoas nuas pode ferir a susceptibilidade dos mais fracos. Não te parece?

JAM disse...

Daquela pornografia rasca e plástica, não curto.

Injusto para as pessoas que não sejam bem feitas.

Mas qual susceptibilidade? Hoje em dia, ninguém tem vergonha. E a nudez é algo perfeitamente normal.

Inês disse...

Sara:
A primeira vez que vi um filme porno fiquei a olhar e a pensar "que merda é esta????"
Tinha para ai uns 14 anos.o resto tudo doido..."olha para o tamanho daquilo e ela tá ali toda aberta,e grande par de mamas e blá blá blá".
E uma das cenas finais,um dos actores a mandar um jacto de esperma como se fosse uma mangueira.A minha pessoa ainda adolescente e completamente pura e casta decidiu que filmes porno não metem pica nenhuma.A 2ª e última vez que vi foi por ser uma praxe e digo que para mim e para os meus colegas foi uma comédia porque apesar de italiano o Rocko o boxeur(era esse o nome9,tinha a mesma riqueza da diálogos que os nossos.

Sara sem Sobrenome disse...

JAM

Mas tu achas? Olha, eu já não tenho avós mas posso garantir-te que eles não iam achar piada nenhuma se vissem pessoas nuas na rua. E posso dizer-te também que, se isso fosse legal, eles estavam a esta hora a dar voltas no caixão!:)

Sara sem Sobrenome disse...

Inês

Olha oh Inês, há muito pouco tempo, estava eu a ter uma conversa no MSN com um grupo de amigos e esses filmes vieram à baila. Eles lá me mandaram uns links na brincadeira. Pá, não fiquei horrorizada, nem chocada nem nada do genero. Mas achei estúpido. Qual é a piada de ver duas pessoas a foder? Prefiro fazê-lo, do que ver fazer. Mas...

Com 14 anos? Eras muito pequena. Que precoce oh Inês.

Inês disse...

Concordo contigo....melhor que ver é fazer.
Precoçe.....descobri muito cedo que filmes porno não me interessam para nada,que aquilo é tudo aumentado e manipulado e que os "oh si cariño me gusta mucho" são tretas.

Otário disse...

nunca vi português,
mas não sou grande
fã e compreendo-te.

e como diz lá o
outro, do tosh.0,
os finais são
todos os mesmos ;)

Hapi disse...

O porn português é do melhor, os nomes dos filmes então!

Sara sem Sobrenome disse...

Inês

Oh si cariño te quiero de 4 patas. Sabes? Eu também não gosto. Estou contigo Inês. Ontem hoje e amanhã. Até ver "O" filme, vou continuar a dizer que não gosto de pornografia.
Beijo

Sara sem Sobrenome disse...

Otário

Eu gosto do gajo do tosh.0. Muito.
Ainda bem que compreendes. Na vez da pornografia, vê documentários. É.
Beijo

Sara sem Sobrenome disse...

Hapi

Isso é ironia, ou...?
Beijo

JAM disse...

Mas os avós já são de outra época, em que as coisas eram muito formais. Por isso, não me admiraria que os teus avós fizessem isso.

Embora os meus nunca tenham sido assim.. Sempre com um espírito jovem, até ao fim.

Sara sem Sobrenome disse...

JAM

Os meus avós se fossem vivos, tinham mais de 100 anos. Todos. :)
Tens sorte, pá. Tens muita sorte. E eu nem sequer sei por que raio falei nos meus avós. Basta falar nos meus pais. Os meus pais também são assim. Mentes fechadas. Bem fechadinhas. Enfim...

JAM disse...

A sério? Depois poderiam andar à porrada com o Manuel de Oliveira pelo título da pessoa mais velha. Se fossem realizadores, faria mais sentido mas pronto.. Acho que seria engraçado de ver na mesma.

Não acho que tenho assim tanta sorte. Agora só me resta uma avó. Vamos ver se era dura mais uns anos. A mãe dela durou, pelo menos.

Depende da educação que a pessoa leva. Os meus avós e os meus pais foram educados de uma maneira e os teus de outra.

Sara sem Sobrenome disse...

Imaginação fértil, a tua.
Durará certamente. Com beijinhos e festinhas e tal, dura. :)
Claro. Tens toda a razão. Mas nem tudo passa pela educação. Eu fui educada por pessoas assim, mentes fechadas e não é por isso que eu sou como elas. Tudo depende de nós.

JAM disse...

É, não é?

Espero que tenhas razão. :)

Eu sei que tenho. Sim, tudo depende de nós, mas também depende das influências por uma pessoa passa.

Sara sem Sobrenome disse...

É, JAM. Muito fértil. Eu lá me lembrava do Manuel de Oliveira...

Eu tenho sempre razão. Sempre!

Isso é mais ou menos verdade. Tal como já te disse, fui criada por dois seres com tolerância 0 para a brincadeira. Não levam nada na desportiva. Eu? Eu sou o oposto.

masquediabo disse...

Eu não gosto do Manuel de Oliveira.
Desculpem-me se ele é Deus para alguém...

masquediabo disse...

Os filmes porno tentam sempre atingir novos cúmulos de nojice.

masquediabo disse...

Retratam a mulher sempre da mesma forma: objecto sexual.
O único objectivo delas é dar prazer aos homens. De todas as formas possíveis. É o argumento típico.
O que aconteceria se fosse ao contrário? Teria algum interesse para as mulheres?

Sara sem Sobrenome disse...

O Manuel de Oliveira era feio.
Oh masquediabo, EXACTAMENTE! Pá, tens toda a razão. Dizes coisas tão acertadas...

masquediabo disse...

Noto aí um certo sarcasmo?

Sara sem Sobrenome disse...

Não! Estava mesmo a falar a sério.

masquediabo disse...

Existem aqueles filmes classificados de eróticos, em que o argumento é um pouco melhor, (tem mais paginas), e que são uma granda treta. Dão umas fodas (a fingir) sem mostrar os pipis, e falam mais um bocadito. Acho que esses filmes foram uma tentativa frustrada de criar um sub género para um publico feminino.

masquediabo disse...

Seria o equivalente de um livro da Bianca mas em filme.

masquediabo disse...

O filmes porno que vi, devem-se contar pelos dedos da mão, uma vez que percas os três, lá se vai a curiosidade.
Qual o sentido de continuar a ver?
O que se pode ali aprender?
O que podemos retirar dali?

Sara sem Sobrenome disse...

(Tu disseste "pipis"? Ooooh...)

NADA! Absolutamente nada!
Tenho um amigo que diz que, ver filmes pornográficos lhe pode ensinar muitas coisas. Não lhe perguntei o quê. E sinceramente não me interessa. Não sou dada à pornografia.

masquediabo disse...

De qualquer das formas, meu género é a ficção-científica...

masquediabo disse...

E os spaghetti western.

Sara sem Sobrenome disse...

Tchiii... estragaste tudo. Já te tinha em elevada consideração. Bolas! Não gosto nada disso!

JAM disse...

Não é para todos. Lol

Quem diz sempre, muitas vezes engana-se.

Os adultos raramente levam as cenas na desportiva. Mas ainda bem que és o oposto. :) Se não fosses, aposto que nem blog terias, nem seguidores, nem nada.

Sara sem Sobrenome disse...

Oh JAM, Provavelmente estaria a pensar em casar, já a fazer o enxoval para os filhos. Trabalharia como uma moura e... não, não tinha bloguinho (lindo e espectacular), nem seguidores (maravilhosos).

JAM disse...

Casar? Essa prisão?! Antes enforcar-me pelos colhões!

Muito bom, sem dúvida. Faz bem à alma e tudo.

Sara sem Sobrenome disse...

Prisão? Lá está uma visão positiva de uma vida a dois.:)
Ai faz, faz. Pelo menos À minha alma. Menos quando recebo mails de mães frustradas com o que eu escrevo. :)

JAM disse...

Há quem considere negativista.

Antes a tua do que a de ninguém.

Mães frustradas? Isso é falta de sexo, só pode.

Sara sem Sobrenome disse...

Ora nem mais. Falta de sexo? Ai é possível. Mas nesse campo não as posso ajudar. Quem não está bem, que se mude!

(estamos a ter duas conversas ao mesmo tempo)

JAM disse...

Só se fosses lésbica. Mas como não és, seria estranho se as tentasses ajudar. Acho que não és lésbicas. És?

(Sim, pois estamos. Não é fantástico?)

Sara sem Sobrenome disse...

Primeiro afirmas, depois questionas? Não, não sou. Foi por um triz esta minha decisão.:)

(Fantástico? Muito...)

JAM disse...

Sou assim. Só não disparo e faço perguntas depois, porque não tenho arma.

Sara sem Sobrenome disse...

Então, sendo assim, ainda bem que não tens.

JAM disse...

Eu nem gosto de armas, por isso, ainda bem que não tenho. Bem, das de fogo, pelo menos.

masquediabo disse...

Sara: E eu só queria impressionar
:(

masquediabo disse...

Mostra-me os teus filmes dirte-ei quem és.

Hapi disse...

Sara,
era ironia. A realidade é que os filmes são muito maus e os nomes são ridiculos!

Sara sem Sobrenome disse...

JAM

De armas eu também não gosto. De nenhum tipo de armas. Não gosto de coisas que me podem ingligir dor.
Beijo

Sara sem Sobrenome disse...

masquediabo

Ai é assim? Juizos de valor a partir dos nossos filmes preferidos? Boa!

Sara sem Sobrenome disse...

Hapi

AAAAAAAAAAAAAH.
Eu concordo contigo. Concordo mesmo. :)
Beijo

JAM disse...

Ninguém gosta de cenas que possam infligir dor. Não é por isso que deixarão de existir.

Sara sem Sobrenome disse...

Ninguém? Parece-me uma afirmação muito radical.
Eu sei que não deixarão de existir. Mas é pena.

Hapi disse...

Sara,
Ainda bem!
Beijos